sábado, 11 de junho de 2016

AS LEMBRANÇAS SÃO COMO UM PÁSSARO, QUE VOA, MAS VOLTA PARA SUA ORIGEM

Era domingo, o relógio nos despertou às cinco da manhã. Priscila deveria se preparar para iniciar às seis sua rotina de acadêmica de medicina na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia. Naquele dia, extraordinariamente ela foi liberada pelo médico residente mais cedo, e aproveitando do tempo, voltou para casa com o firme propósito de ir para culto dominical matinal. Ela iria à Igreja Sal da Terra ouvir a palavra de Deus que deveria ser ministrada pelo Pastor Paulo Júnior. Nós conhecemos o Pastor Paulo Jr, de vista, assim como de o ouvir em suas pregações algumas vezes. Tínhamos certeza que Deus tinha um propósito para com a vida da Priscila naquela manhã, e incrivelmente o simples fato de saber onde iria, nos despertou na memória a lembrança de um fato envolvendo a vida do Luciano em uma das pregações daquele pastor, e certamente esta lembrança se materializou em um outro propósito de Deus na minha vida e da Sissi.

Por isso que digo, que as lembranças são como um pássaro, que voa, mas volta para sua origem...
naquela manhã, passados quase 6 anos, de forma incrível, emocionante, interessante, comovente, coincidência ou não, enfim, seja como queira, Deus agiu e falou, e eu e a Sissi fomos para junto do computador buscar aquela lembrança na memória de uma maquina, que seria uma pregação do dia 24 de outubro de 2010, que fazia parte de uma série de pregações intituladas de Celebrai uma Vida de Sucesso (ouça parte dela no aplicativo abaixo), na qual o pastor trouxe para aquele contexto o testemunho da vida do Luciano. Luciano continua vivo em nossas memórias, mas às vezes Deus nos pega de surpresa com lembranças tidas como um presente celestial, e nos emociona, provando que "O justo jamais será esquecido; para sempre se lembrarão dele." Salmos 112:6

Obrigado a Deus por ter usado, naquela manhã, a Priscila fazendo com que ela fosse ao Teu encontro, o Pastor Paulo Jr por ter nos tocado, e assim, nos trazendo o Luciano para perto de nós.

Gostaríamos de compartilhar com você parte daquela pregação, dizendo que talvez um minutinho de seu tempo perdido ouvindo a gravação abaixo, pode fazer com que ganhe um exemplo a mais em sua vida. Em seguida à sua audição,  leia a publicação que deu origem à palavra do Pastor Paulo Jr http://lucianocarneiro.blogspot.com.br/2010/09/ate-quando-e-por-que.html

E como disse o Pastor no final de sua palavra, "Combata de maneira digna o combate que lhe é proposto!".

sábado, 9 de abril de 2016

PLANTAR UMA ÁRVORE, TER UM FILHO, E ESCREVER UM LIVRO

Dizem que existem três coisas que devemos fazer para sentir realizado na vida, plantar uma árvore, ter um filho, e escrever um livro. 

Árvores, eu já plantei várias, de duas eu não me esqueço. Uma delas foi quando tinha 7 anos de idade, era domingo, e um dia após Scylene, minha irmã caçula nascer, não sei se o fato teve a ver com a ocasião. Enfim, estava no jardim de casa com meu pai, e ele meu deu uma fava já aberta, dentro dela tinha várias sementes, e disse a mim, "planta esta sementinha que deverá nascer uma árvore, assim como nasceu sua irmã", e assim fiz. Passado algum tempo, da sementinha plantada nasceu uma plantinha, que cresceu, se tornando uma frondosa flamboyant, que debaixo dela também cresci, brinquei, e aprendi muitas coisas que hoje fazem parte de minha vida. Outro plantio, também marcou bastante, porque foi fruto de uma de minhas últimas conversas com meu pai. Nós estávamos conversando enquanto comia um jambo-amarelo, e então falei pro meu pai: "esta fruta, se come com os olhos por sua beleza, cheiro por seu perfume, e com a boca por seu delicioso paladar". Meu pai ouvindo aquela minha observação, me entregou uma daquelas sementes, e disse: "pode plantar que vai nascer"...dias depois, ele partiu para glória,... plantei a semente no jardim de casa, e uma plantinha nasceu, tornando-se o que é hoje um belo e frutífero jambeiro. Destas duas experiências pude tirar uma lição, e que é a base para nosso viver, "tudo que se planta dá", portanto, semeie coisas boas, que com certeza colherá bons frutos.
Jambeiro

Existe um outro ditado popular que diz que Deus escreve por linhas tortas, posso até concordar que toda linha pode não ser uma reta, mas uma coisa é certa, ela sempre terá um início, meio, e fim, e o mais importante é que creio que esta linha tem a Deus um objetivo, Seu "master plan". Para mim, ter um filho parecia não se tratar de um ponto de autorrealização, contudo se mostrou como parte de um grande plano que Deus para com minha vida. De uma semente de amor plantada dentro do solo fértil e abençoado do relacionamento entre eu e Sissi, nasceu uma bela e forte árvore, e que dela nasceu dois frutos, Luciano e Priscila. Entender que ter filhos é uma consequência natural de um casamento, ou que a reprodução humana faz parte do processo de preservação da espécie, são respostas no mínimo razoáveis, mas para nós foi uma clara demonstração do amor e poder de Deus, um milagre. As demonstrações deste grande milagre, dentre muitos, foi que eu por ser portador de uma doença genética, hereditária, incurável e progressiva, aos olhos da ciência, nos foi contra-indicado a concepção de um filho, mas como disse anteriormente, a vontade não era nossa, mas parte do plano de Deus. Assim, nos foi concedido Luciano, um pequenino ser humano que já nasceu, para surpreender a todos, pois veio esbanjando não só beleza física, mas muita saúde, e livre daquela temida herança genética. Mais tarde, descobrimos que Luciano, teve por Deus traçado um plano, que ao longo de sua vida ele iria continuar surpreender, e interferir na vida de muitas pessoas por todo mundo, como comprova-se neste blog "Diário de uma Vitória". Em seguida, veio Priscila, e como dizia a vovó Scila, uma florzinha. Priscila foi um milagre em todos os sentidos, e que logo ao nascer se mostrou uma guerreira, pois por ter nascida aos sete meses de gestação, teve que lutar com suas próprias forças, e provar a todos sobre o grande poder de Deus em sua vida.  Enfim, tive filhos, mas não como meta de autorrealização, mas como cumprimento de uma razão maior, vontade de Deus..."Os filhos são herança de Deus, uma recompensa que ele nos dá". Salmos 127:3

Priscila e Luciano

E o livro ? Posso afirmar que todos nós temos conteúdo e capacidade de contar histórias, daí, para escrever um livro seria somente uma questão de querer? Mais ou menos, o principal objetivo de quem escreve um livro é dividir seus conhecimentos, suas experiências, suas memórias, contos, ou disseminar informações com outras pessoas. Nem sempre o objetivo é ganhar dinheiro. Existem aqueles que querem escrever livros movidos por uma emoção, como recordação própria voltada para família, ou ao público em geral, seja sobre poemas da adolescência, ficção, um romance, a respeito de um drama ou experiência vivida, ou até como realização de um sonho próprio. Minha história e experiências vividas me levaram por diversas vezes a pensar em escrever um livro, e que poderia ser uma autobiografia, um romance, ou uma seleção de contos, mas meu lado racional sempre me levou a não ir adiante com esta ideia. Contudo, teve um momento em que nunca tive tão próximo com a possibilidade desta realidade literária. Isto aconteceu com a conclusão dos 23 anos de vida e história convivida ao lado do Luciano, momento em que me coloquei de frente e de forma muito forte com a possibilidade de escrever um livro sobre sua história. Isto é fácil de entender, porque uma história que teve a origem fruto de um verdadeiro ato de amor, culminando com seu nascimento, como demonstração de milagre e graça de Deus, para depois se tornar em palco de episódios de alegrias, dor, superação, aventuras, desafios, ensinamentos, resiliência, romance, vitórias, enfim, esta história poderia certamente se tornar um exemplo a ser observado por muitos. Afinal, porque não escrevi o livro? Simples! ..por causa deste blog, o Diário de uma Vitória, que foi idealizado e escrito pelo próprio Luciano. As pessoas me cobraram muito dizendo que precisávamos ter esta história concretizada e materializada com belas imagens e textos, tudo dentro de um livro, dai faríamos uma bela festa, em um belo lugar, convidávamos os amigos, e então lançaríamos o livro, eternizando assim sua história. Eu tentava explicar para as pessoas porque decidi não escrever, mas a impressão que me dava era que muitas ainda não compreendiam minha decisão.

Passado mais de cinco anos, o fato de não ter escrito o livro de papel, mas sim, optado pelo recurso digital do blog, se comprova algo inusitado todos os dias desde então, a até o exato instante...explico: como administrador do blog, tenho acesso a informações exclusivas, assim, consigo monitorar quantas pessoas estão dentro do blog do Luciano em um exato instante, quantas entraram durante a última semana, mês, ano, ou desde o início das publicações, e ainda, de que país são estas pessoas, o que estão lendo (qual postagem), enfim, muitas outras informações. Mas o que mais me fascina é que toda vez que acesso o blog como administrador deparo com pessoas de diversas partes do mundo lendo alguma coisa no blog...como por exemplo agora, neste momento, são 22 pessoas do Brasil, 4 do Estados Unidos, e 2 da Alemanha, e que por exemplo, e dentre outras postagens, estão lendo Sonho de Ser Médico, um Sonho de Criança - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2010/12/sonho-de-ser-medico-um-sonho-de-crianca.html, É Quando Estou Fraco, Então É que Sou Forte - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2011/02/e-quando-estou-fraco-entao-e-que-sou.html, A Primavera Como Forma de Perpetuar Uma Lembrança - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2013/09/a-primavera-como-forma-de-perpetuar-uma.html, e etc. Assim, sem querer desprezar o livro, com certeza ele não teria este alcance de tempo, distância, cultura, custo, e praticidade. Enfim, as coisas acontecem mais ou menos assim: alguém, em algum local do mundo, e por um motivo qualquer, está em busca de uma informação,..por exemplo, seu ente querido descobriu que está com osteosarcoma (câncer ósseo) ou talvez leucemia, e diante desta situação a primeira coisa que ela faz é buscar informações sobre aquele problema, e neste caso a internet pode lhe suprir rapidamente com as respostas a aquele seu imediato anseio, e nesta hora, seja através do google ou outro procurador da internet, as diversas postagens do blog do Luciano podem aparecer na tela de qualquer pessoa, e em qualquer lugar do mundo, como opção de sua consulta. Nesta esteira de palavras chaves, as pessoas podem buscar, por exemplo,tulos tais como resiliência, superação, triathlon, fé em meio a tribulações, música, amor, saudade, muitas outras, e após teclar "enter".... plim!!! aparece alguma postagem do Luciano, atingindo pessoas de todo o mundo, graças ao Google Translate com seus mais de 60 idiomas. Temos conosco também a consideracão de que o blog é uma arca onde guardamos suas memórias de voz, imagens, músicas, conquistas, composições, histórias, experiências,, enfim, uma arca que além de trazer o Luciano para junto de nós, informa e distrai pessoas de toda parte do mundo.

Portanto, já plantei uma arvore, tive filhos, escrevi mais do que um livro, um blog, mas dizer que já estou realizado na vida, eu não posso afirmar, porque esta definição depende do plano de Deus para com minha vida. Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Eclesiastes 3:1,2

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

SONHO DE SER MÉDICO, 
          UM SONHO DE CRIANÇA II

Medicina é fruto de vocação, em que você já nasce com o espírito de se doar a ponto de tornar a profissão em um sacerdócio.
                                         
Homenagem à Turma X do Curso de Medicina da PUC-GO

É com muita emoção que eu, Sissi e Priscila agradecemos cada um dos alunos e colegas da Turma X do curso de Medicina da PUC-GO pelo carinho e reconhecimento, na homenagem que está sendo prestada, nomeando a turma com o nome do Luciano.
Luciano sempre quis ser um médico, mas nunca havia externado este desejo de maneira concreta, tanto que sua vida acadêmica e profissional parecia que já tinha um rumo definido. Ele cursava administração de empresas, mas seu movimento sempre o levava para a área médica. Certo dia, quase se formando, ele me contou seu desejo em fazer medicina, e nos pediu apoio para mudar de curso, naquele momento, basicamente só lhe faltava a monografia, e ele já tinha até seu esboço pronto. O trabalho poderia ser sobre qualquer área da administração, e foi, seria em marketing, mas ali seu lado médico falou alto, e o tema seria promover a atividade física em academia como um produto da medicina preventiva, e se embasaria na tese que para cada 1 dólar gasto em atividade física, se economiza 4 dólares em doença. Enfim, tudo se convergia para medicina, assim seu desejo foi atendido, e nós o apoiamos em seu plano de ser médico. Naquele momento perecia ser impossível Luciano passar no vestibular, mas conseguiu, se tornou um acadêmico de medicina na Turma X da PUC-GO. Contudo já existia um plano maior que fugia de nosso controle, e Deus o levou.

Não vivemos de pesares, só guardamos conosco a alegria e energia que movia Luciano de um lado para outro, como a deste momento. Assim, ... preparamos um vídeo para lembrar e falar um pouco mais sobre o Luciano....

No mais, queremos mais uma vez agradecer os colegas por esta homenagem, desejando a cada aluno, quase já médicos, sucesso, mas sobretudo, que Deus os abençoe grandiosamente.

Orlando Carneiro Jr, Sissi, Priscila, e Luciano "sempre".
Veja mais fotos do jantar em homenagem a turma X -  clique aqui

Leia também, "SONHO DE SER MÉDICO, UM SONHO DE CRIANÇA"

http://lucianocarneiro.blogspot.com.br/…/sonho-de-ser-medic…

quinta-feira, 26 de março de 2015

EXISTE SORRISO EM MEIO ÀS LÁGRIMAS

Hoje, 26 de março, Luciano, na visão de muitas pessoas deve estar sendo lembrado como ele completando 28 anos, por um lado, todos estão certos, mas para nós, apesar de sua ausência física, ele está tão vivo em nosso meio, que por força de expressão dizemos, sem pensar, que hoje é seu aniversário, e ele completa 28 anos.

Nós comemoramos ao lado do Luciano 23 aniversários, e hoje é o quinto sem sua presença física, contudo, em meio às lágrimas por sua ausência, nós encontramos infinitas razoes para sorrir por toda sua existência. A presença do Luciano é muito viva e forte, em nosso meio, seja dentro de casa, por ver seu quarto arrumado do jeito que ele gostava e deixou, seja em suas expressões de fala que ficaram gravadas em nossos ouvidos, e até nas feições nitidamente registradas em nossas mentes como se fosse um filme 3D em alta definição. 

Neste momento, em que a saudade de sua presença física nos traz às lagrimas, estas mesmas, vem irrigar o belíssimo jardim que ele deixou plantado em nossas vidas, com imagens de sua beleza e alegria refletindo nas flores, sua força e vitalidade nos robustos arvoredos, notas musicais por ele tocadas nos cantos dos pássaros, e pela intensidade em que viveu sua vida, o contemplamos na transparência e força das águas,  e assim, estas imagens são capazes de transformar aquele sentimento de "tristeza", em alegria.

Obrigado pelo carinho de todos que conviveram com Luciano, e aqueles que de alguma forma ainda o traz na memória.

Parabéns e 
Viva o Luciano!




domingo, 21 de setembro de 2014

O QUE OS OLHOS NÃO VÊEM, O CORAÇÃO PODE SENTIR

Quatro anos desde que por último estivemos com o Luciano, ele partiu,...., infelizmente ele não se foi para uma viagem, ou mesmo de mudança, ele se afastou mesmo, pelo menos fisicamente, e nunca mais pudemos o tocar, ouvir sua voz, ver suas expressões e reações. Aos nossos olhos não o podemos ver mais, mas Deus nos dá o privilegio de continuar o sentindo como se presente estivesse.

Sempre gostei de ouvir os ditados populares, por eles expressarem a cultura e crença de um povo. Contudo, por outro lado, através de meu senso critico, observo nas pessoas a vulnerabilidade em suas capacidades de emitirem sentimentos próprios por estarem muitas vezes reféns destas ditas máximas. Será que podemos concordar que "pau que nasce torto, morre torto"? ou "quem muito espera, se desespera" ? e "O QUE OS OLHOS NÃO VÊEM, O CORAÇÃO NÃO SENTE" ? Pois é, e é especificamente sobre este último ditado que gostaria de falar, e o desmistificar, porque a lógica dos homens não é a de Deus.

A dolorosa saudade que sentimos pela falta do Luciano é muitas vezes alimentada, e outras vezes supridas por lembranças que vem de repente ao nosso encontro. Uma musica, uma pessoa, um lugar, uma palavra, um objeto, a feição de outra pessoa, um movimento que seja, pode nos surpreender com uma lágrima descendo de nossos olhos, aí, este é o sinal que cabe a nós aproveitar aquele momento, porque é o nosso coração se encontrando com o Luciano. 

Nestes quatro anos distantes do Luciano pudemos aprender que o sentimento da saudade, tão temido pelas pessoas, no nosso caso é a forma mais gostosa que descobrimos para sentir a presença do Luciano. Se a saudade é o amor que fica, justifica o que William Shakespeare disse que "o amor não se vê com os olhos, mas com o coração." Glória a Deus, que nossos corações sentem o que nossos olhos não podem mais ver.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

AULAH

A ideia inspirada pelo espírito de superação do Luciano e que se tornou realidade no ano passado, acontecerá este ano novamente em prol da AmigoH.... é a AulaH, que nada mais é do que a doação de um pouco de energia por parte daqueles que a tem em abundância, para aqueles que tanto dela precisam para viver.

A AulaH, trata-se de uma aula de spinning beneficente que acontece em São Paulo, em academias parceiras. Todo valor arrecadado com a inscrição será revertido para a AMIGOH, organização do Hospital Israelita Albert Einstein que apoia ações contra o câncer e doenças do sangue e luta para aumentar os índices de cura e a qualidade de vida dos pacientes.

A AMIGOH – Amigos Einstein da Oncologia e Hematologia – é uma organização criada como uma resposta ao desafio de mudar os cenários do câncer e das doenças hematológicas. O trabalho da AMIGOH consiste em selecionar, apoiar e viabilizar projetos, por meio da orientação, acompanhamento e captação de recursos, que beneficiem toda a comunidade brasileira, seja contribuindo significativamente para aumentar os índices de cura, seja melhorando a qualidade de vida de pacientes portadores de câncer e de doenças do sangue, ou até mesmo levando informação para a população

Mais do que uma aula de spinning, é uma oportunidade de fazer o bem!

Se você estiver em São Paulo, participe, caso contrário, divulgue esta grande ação. Informações e Inscrições: www.ativo.com


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

CELEBRANDO O NATAL APESAR DE TUDO

- SUGIRO QUE AO LER O TEXTO, SEMPRE QUE ESTIVER DIANTE DE UM LINK, O VISITE -

Quando se vive um momento de alegria, o que você mais deseja é ter ao seu lado pessoas amadas. E o Natal é um destes momentos de alegria, mas também de lembranças, e estas às vezes podem trazer um sentimento de tristeza, porque você às vezes não consegue ter ao seu lado alguém que se gostaria de ter. Contudo esta ausência física pode ser substituídas pelas lembranças recordadas dentro de cada um... NATAL, ALEGRIA PELA CERTEZA QUE VOCÊ PODE VIVÊ-LO TODOS OS DIAS - http://lucianocarneiro.blogspot.com.br/2012/12/natal-alegria-pela-certeza-que-voce.html

Era dezembro de 2008, tempo de festa, malas prontas para celebrar o autêntico White Christmas, e para comemorar, reserva de ceia na disputadíssima Crystal Room do legendário Tavern On The Green, Central Park NYC. Motivos naquele ano não faltavam, Luciano havia conseguido a medalha de bronze no mundial de triathlon em Vancouver, Canadá, e também buscava o acesso à faculdade de medicina, como um marco que seria uma grande virada na sua vida, e o interessante é que tínhamos convicção de que ele iria conseguir êxito naquele vestibular, e dito e feito, ele passou...SONHO DE SER MÉDICO, UM SONHO DE CRIANÇA - http://lucianocarneiro.blogspot.com.br/2010/12/sonho-de-ser-medico-um-sonho-de-crianca.html . Para não dizer que tudo estava 100%, Luciano, que vinha convivendo nos últimos dias com uma febrinha trazida por uma gripe, e que parecia ser uma situação simples, mas que veio anunciar radicalmente a mudança de nossos planos. O resultado positivo do vestibular sexta-feira, e gripe ? que nada, resultado de diagnóstico de leucemia na segunda-feira seguinte...o mundo parecia estar desmoronando, mas aí que pudemos ver a verdadeira mudança de planos da viagem e comemorações. A mudança foi que o desespero e decepção que parecia ser o desmoronamento do mundo, deu lugar a um velho e conhecido por nós, espírito de luta e resiliência, prova viva de que não estávamos a sós mas sim amparados por Deus... ESPÍRITO DE RESILIÊNCIA, UM LEGADO DEIXADO POR LUCIANO - http://lucianocarneiro.blogspot.com.br/2011/10/espirito-de-resiliencia-um-legado.html . Nossa ceia de natal e ano novo, ao contrário do planejado foi celebrada dentro de um quarto do Einstein, que ao contrário dos temidos odores de hospital, exalava e se transbordava do balsamo de Deus. Naqueles dias, enfermeiras, médicos, familiares, enfim, todos que passavam pelo quarto do Luciano, saiam de lá com o sentimento consolado, e não o com o de o consolar, pois via no Luciano que se pode estar alegre em meio ao que deveria ser tristeza.

Passado um ano, exatamente Dezembro de 2009, Luciano havia sofrido muito naquele ano, se tratado e sido transplantado por uma medula óssea que o dera novas chances de vida. Quem conhecia a gravidade da doença do Luciano sabia que ele vivia graças ao quarto sopro divino de vida, oportunidade que poucos podem experimentar, e daí mais um motivo para comemorar. Pois bem, a viagem que havíamos planejado no ano passado, e cancelada, foi realizada naquele dezembro, só que com algumas adequações visto sua ainda recuperação do transplante. Foram 25 dias de comemoração, digo, 20, adiante você vai entender porque, pois bem, se natal é tempo de alegria, vivemos na plenitude um natal 24 horas todos os 20 dias, eu, Sissi, Priscila, Luciano, e Bruna, na época sua noiva. Ele teria que passar em consulta no MD Anderson, Houston, Texas, local onde fora feito o transplante, contudo seu médico, que estaria viajando em Dezembro, agendou o encontro para o mês de janeiro, mês seguinte, assim, como já disse curtimos maravilhosamente aqueles dias antes de nos dirigirmos para o Texas. Os exames de acompanhamento que Luciano vinha fazendo, mostrava que a medula óssea recebida por transplante de um estranho para nós, mas que Deus conhecia, estava 100% pêga (termo médico utilizado), e assim livre da doença. Contudo, mais uma vez, fomos surpreendido, mas Deus de uma certa forma poupou Luciano, porque nos permitiu aqueles maravilhosos dias de convívio e alegria natalina, para nos últimos 5 dias da viagem, ter de encarar a dura realidade de que para surpresa e decepção dos médicos, mas muito mais nossa, que a doença havia voltada, e de forma bem mais agressiva. Mas mais uma vez, de forma resiliente, encarou a luta, e pode realizar seu sonho de ser médico, mesmo que por alguns meses, e como acadêmico.

Durante os vinte e três natais que passamos juntos do Luciano, pudemos na sua presença nos alegrar e comemorar sobremaneira, mas este dois últimos, pudemos através dele experimentar que mesmo em meio a uma situação extrema de doença, dor, angustia, tristeza, ansiedade, revolta, decepção, tudo pode ser transformado em paz e alegria. Esta transformação se deu de forma sobrenatural, "Entregando o caminho ao Senhor; confiando nele, pois tudo ele o faria. E ele fez sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia" (Salmos 37:5-6), e com fé Luciano também declarou: O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias. (Salmos 23:1-6).

FELIZ NATAL !



sábado, 21 de setembro de 2013

A PRIMAVERA COMO FORMA DE PERPETUAR UMA LEMBRANÇA


Hoje é dia 21 de setembro, poderia ser um um dia qualquer como outro, ou também a data que marca o início da primavera, coisa que acontece repetidamente todos os anos, mas não, ou melhor, sim, é tudo isto e mais alguma coisa...digo isto porque hoje pela manhã, Gizele, uma querida seguidora do blog e facebook do Luciano, a qual não conhecemos, mas que Deus certamente sabe quem é, nos tocou com uma mensagem dizendo: "Inicio da primavera, vamos celebrar um bom exemplo!!!!! Abraço a todos da família."

Esta mensagem nos fez lembrar que Luciano deixou marcas em várias pessoas, nas mais diversas circunstancias, exemplos que continuam servindo como um ministério, lembranças que parecem o eternizar na memória de muitos e por todos os cantos, e para nós família deixou a saudade, que nada mais é do que a parte do amor que ficou conosco.

Acredito que quando Gizele em sua mensagem se referiu a primavera como uma época para celebrar o bom exemplo deixado pelo Luciano, ter sido porque durante o período internado na UTI, um dos médicos que o acompanhou, mesmo sem o conhecer em estado de lucidez, dois dias antes de seu falecimento escreveu de impulso ao chegar em sua casa no final do seu plantão, o seguinte:

Querido Luciano,

Ainda não te conheço,

Espero que eu possa te conhecer logo. Mas o pouco que conheço da sua história, do seu pai e da sua mãe, são suficientes para que eu tenha grande admiração pela sua família. Eu não consiguiria te separar da sua família, apesar de todas histórias de superação suas, tenho certeza que em boa parte delas (se não em todas), a sua energia para a superação nasceu do Amor que você sempre encontrou em casa, no olhar da sua mãe, no voz tranquila do seu pai, na companhia da sua irmã. Penso muito em você nestes últimos dias, em várias situações. Penso nos momentos de dificuldade, nos momentos de alelgria, nas vitórias, nas situações simples que você viveu, nas alegrias que proporcionou a sua volta, no exemplo que você deu. Sua marca já está registrada. Seu nome já está escrito na história de muita gente, e já está escrito na minha memória.

Recentemente, em homenagem a um paciente que gosto muito, decidi que promoveria anualmente o dia deste paciente, e que na minha intimidade, ou até com outras pessoas, anualmente, naquele dia eu me lembraria dele, das palavras e gestos dele, e me alegraria com o sorriso e a sabedoria dele, mantendo aquele espírito de luz, a energia de Deus que fluia através da vida dele, acesos na minha mente. E em homenagem a ele, do meu modo, eu tentaria “imitar” a sua sabedoria, seguir os seus passos e pensar e agir como ele.

Agora, que te conheci, e te admiro, não farei diferente. Vou eleger o começo da Primavera como a temporada para celebrar o seu exemplo. Você estará sempre vivo em meu coração, em minhas palavras, nas minhas ações, na minha alegria de viver. Sou uma pessoa privilegiada por ter tido a oportunidade de conviver com você. Por conhecer o seu pai e a sua mãe. Um espírito de Luz como você não poderia ter nascido em berço mais abençoado.

Aonde quer que você esteja, sei que está entre nós. A sua energia não está perdida, pelo contrário, ela está se multiplicando em cada sorriso que você deixou, em cada nota musical que você tocou, em cada respiração, em cada passo, em cada pessoa que foi tocada pelo seu olhar ou pela sua história. Obrigado, pelo tanto que aprendi neste breve momento de convivência que tivemos. Que Deus me dê sabedoria, discernimento e Amor, para que eu possa levar um pouco de você aos que eu encontrar no caminho.

Portanto, independentemente do que venha a acontecer com você, hoje (19 de setembro de 2010) já é para mim um motivo de imensa alegria: agradeço a Deus por ter feito o meu caminho cruzar com o seu. Agradeço aos seus pais por terem te gerado.

De um amigo

Eduardo Correa Meyer.
clique neste link :::> http://www.lucianocarneiro.blogspot.com.br/2010/09/vida-apesar-dos-problemas-tem-que-ser.html


Ainda, com referencia à mensão de Gizele sobre a primavera, vale lembrar um outro fato, interessante coincidência, mas que preferimos entender como o mover de Deus em nossas vidas, porque entendemos as palavras trazidas pela enfermeira Maria na manha em que Luciano faleceu, dia 21 de setembro, primeiro dia da primavera, como sendo Deus nos falando através de um anjo:

- Mais um dia nascia, era dia 21, e como em todo amanhecer, nossas esperanças são reanimadas, as forças renovadas, e assim também nossas motivações para se continuar vivendo. Maria, enfermeira-chefe da UTI chegou bem cedo, até parece que veio de carona com o primeiro brilho de sol, e trazia junto com ela uma grande euforia para nos contar um sonho que tivera com o Luciano naquela noite. No sonho, ela via que Luciano olhava através de uma grande janela de vidro uma belíssima paisagem florída, e ao mesmo tempo pedia que Maria o deixasse sair para andar naquele jardim. Maria com muita pena, disse que de maneira nenhuma ele poderia sair, por não ter condições imunológicas suficiente para se defender dos microorganismos externos, explicando ainda que o que lhe parecia belo, poderia ser a ele nocivo. Mas Luciano insistia no seu pedido. Para quem o conheceu, sabia que a insistência era uma de suas características pessoais, o que nos fazia, na intimidade, o chamar de "pinhé" quando queria alguma coisa. E quando dissemos a Maria sobre esta sua maneira de ser, achou muito interessante, porque segundo ela, foi exatamente daquela maneira que ele agiu. Ele insistia de toda forma, tentando inclusive negociar com ela a permissão para ao menos abrir uma frestinha da janela, o permitindo assim que colocasse então só o rosto fora para que sentisse o ar e cheiro externo. Naquele momento nós a interrompemos com nossa emoção, porque sabíamos de sua grande vontade, depois de tanto tempo e sofrimento, em sair do hospital, dizendo..."só queria sair para sentir o ar e o cheiro da rua". E Maria continuou dizendo que ele insistiu muito para que ela a deixasse sair, mas ela razão de sua responsabilidade teve de manter sua negativa. Ela continuou seu relato, e disse que surpreendentemente, em um piscar de seus olhos, Luciano havia desaparecido da sua vista, e quando ela o descobriu, ele já estava lá fora, muito alegre correndo pelo jardim. Naquele momento houve novamente um transbordo de nossas emoções, e em meio a muitas lágrimas, dissemos, se era isto que ele queria, e o deixaria feliz como ela mesma o viu, .....foi então Deus que o permitiu sair. Mas era apenas um sonho. Mas junto com este sonho, veio também o que disse Deus através de seu profeta Jeremias: Então foi aberta uma brecha na cidade, e todos os homens de guerra fugiram, e saíram da cidade de noite, pelo caminho da porta entre os dois muros, a qual estava perto do jardim do rei (porque os caldeus cercavam a cidade ao redor), e foram pelo caminho da campina. Jeremias 52:7

Amados, são por estas e por outras que, assim como Gizele e Dr.Eduardo, que celebramos a Primavera como uma lembrança viva do Luciano.
Uma flor pode durar uma primavera, 
mas a lembrança do Luciano será eterna.

Hoje, dia 21 de setembro, a AMIGOH, associação ligada ao Hospital Israelita Albert Einstein, que luta contra o câncer e doenças do sangue, promoverá nas academias Bio Ritmo, BodyTech, Cia Atlética, Competition, Ecofit, Reebok, Runner, em São Paulo, a AULAH. Para você que gosta de pedalar e de fazer o bem,... A ideia foi inspirada pelo espírito de superação do Luciano tornou-se realidade em prol da AMIGOH.... a AULAH é a doação de um pouco de energia daqueles que tem em abundância para aqueles que tanto dela precisam para viver, é como uma prova de amor ao próximo, é algo como pedalar por outra vida...pela doação de sangue e medula óssea.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

LUCIANO E A AULAH

Em maio de 2012 foi realizada a 1ª Reunião Magna do Conselho da AMIGOH - Amigos da Oncologia e Hematologia, que é um braço da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e reúne pessoas sensibilizadas pelo câncer e doenças hematológicas, as quais entenderam a necessidade do hospital ter um voluntariado para oncologia e hematologia capaz de oferecer os serviços Einstein para todos.“Um pouquinho de Einstein para quem não tem o Einstein”. É assim que a presidente da AMIGOH, Ida Sztamfater, define a associação. Apoiamos ações contra o câncer, contribuímos para aumentar os índices de cura e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Nosso trabalho consiste em selecionar, apoiar e viabilizar projetos contra o câncer e às doenças do sangue que beneficiem toda a sociedade brasileira. Contribuímos significativamente para aumentar os índices de cura e qualidade de vida dos nossos pacientes. Confira postagem passada -  http://www.lucianocarneiro.blogspot.com.br/2012_06_01_archive.html

Neste pouco mais de um ano muita coisa foi feita diretamente com o público como por exemplo a Ação Global, e campanhas de conscientização através da mídia, tais como, Os Direitos do Paciente com Câncer, A Prevenção do Câncer, dentre outras. 
video

Assim nesta esteira de ações e sob a inspiração do espirito de superação que foi o que sempre impulsionou a vida do Luciano, quando diante de todas as suas limitações físicas usava o Triathlon para transferir toda sua energia para aqueles de alguma forma dela necessitava, o AMIGOH promoverá a AULAH.

A AULAH constitui-se em aulas de spinning, e acontecerão no dia 21 de setembro ao mesmo tempo nas principais academias de São Paulo (Bio Ritmo, BodyTech, Cia Athlética, Competition, Ecofit, Reebok, e Runner), esta ação é destinada à conscientização sobre a importância da Doação de Sangue e Medula Óssea, mas também uma ação de Divulgação dos trabalhos e de captação de recursos para financiamento dos projetos da AMIGOH. Além do forte envolvimento das academias, contamos com a participação de importantes nomes: Ana Maria Braga, João Paulo Diniz, Bernardinho e Bia Figueiredo.

video
AMIGOH e João Paulo Diniz convidam para AULAH

sábado, 25 de maio de 2013

Uma Roseira Como Qualquer Outra, Com Espinhos e Flor, Mas Com Perfume Eterno

Uma roseira tem muitos espinhos, que devem ter sua importância, mas acima de todos, existem as rosas, com sua indescritível beleza e perfume. Assim é nossa vida, coisas ruins não são o pior que pode nos acontecer, pior que isto é ficar relembrando e remoendo estes acontecidos, daí o que devemos fazer é somente lembrar e cultivar as coisas boas que certamente estiveram presentes.

E como são as coincidências: ontem enquanto 
eu, Sissi e Priscila recordávamos sobre o Luciano, falando sobre as boas lembranças deixadas por pessoas que se fizeram presentes em seus últimos momentos, que ainda são tão queridas, e que sempre amaremos, lembramos do Dr. Elias Knobel e seu filho Dr. Marcos Knobel, nos trazendo muita emoção naquele momento. De repente hoje, ao abrir nossa caixa de mensagens, recebemos um email do Dr.Marcos com um grande presente.... fotografias, e estas apesar de nos fazer lembrar de uma época difícil vivida pelo Luciano, nos trouxe sobretudo, à lembrança que naquele momento além de Deus colocar nele seu espírito de resiliência, acampou anjos ao seu redor para o ajudar superar todo aquele seu sofrimento,... glória a Deus por cada um deles.

Assim como Paulo escreveu aos filipenses dizendo: "... esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim" Filipenses 3:13, completamos por dizer da roseira que foi a vida do Luciano, nos esqueceremos seus espinhos, contudo, lembraremos e cultivaremos para sempre a beleza de suas rosas e do perfume que exalará para sempre em nosso meio.


As fotografias recebidas além de inspirar o texto acima, nos despertou o desejo de deposita-las neste blog, que chamamos de "arca de memórias" do Luciano. Sinta o perfume deixado através das imagens recebidas:
Durante o período de internação para o transplante, Dr. Marcos Knobel, um dos anjos que cuidou do Luciano, por saber sobre sua paixão pela música e ser violinista, resolveu fazer uma surpresa trazendo um de seus enfermeiros da UTI, o Adriano que também era violinista, para  dedicar a ele algumas músicas, e no final, não se contendo, Luciano colocou seus sentimentos para fora emocionando os médicos e enfermeiros que vieram o ouvir tocar "Tú És Fiel Senhor" no violino.

Sabemos que anjos não tem sexo, mas estas enfermeiras (Patrícia, Gabriela, Sú, e Tereza) encarregadas pelo TMO - Transplante de Medula Óssea do Hospital Israelita Albert Einstein foram verdadeiramente "anjas" ungidas por Deus para cobrir o Luciano com cuidado e carinho.


- Êta Saudade !!!


segunda-feira, 25 de março de 2013

PRESENTE ETERNO A UM FILHO

Nunca fui ligado a estas coisas de aniversário, talvez eu não estivesse tão errado assim, vale lembrar que historicamente o cristianismo considerou esta celebração como um costume pagão, habito este que mudou a partir do século IV quando a igreja começou a celebrar o nascimento de Jesus Cristo. Foi a partir dai que as pessoas começaram a celebrar seus aniversários, trazendo para dentro deste contexto um bocado de símbolos misticos, tais como os presentes que eram uma oferenda dada aos deuses para proteger o aniversariante e pedido de segurança para o próximo ano. O bolo de aniversário também era considerando um destes presentes aos deuses, e o ascender das velas uma forma de levar as preces através da fumaça aos seus espíritos protetores.

Simbolismos a parte, mas ainda falando de aniversário, existe algo muito mais importante para se registrar, neste dia 26 de março seria o dia em que o Luciano completaria 26 anos. A lembrança que ele nos traz,  a vontade de o ver sorrindo, de ouvir sua voz, de poder o tocar, e sentir suas mãos, enfim, a vontade de sentir sua presença que sempre se fazia marcante por onde passava, traduz em nós em um profundo sentimento de saudade. Então por mais irônico que possa parecer, nos resta comemorar esta data com muita saudade, sentimento este, que ao menos nos faz estar perto do Luciano.

E em se tratando de aniversário, e o presente ? ....Ah sim, como todo simbolismo, tudo pode ter sido em vão, quando como todo pai que na medida de seu entendimento e capacidade financeira, procura a todo custo presentear seu filho com o melhor que pode dar, e assim fizemos, mas diferente de muitos que não pensam que tudo isto é finito, ou seja, que uma hora se acaba. E assim, Luciano se foi, deixando tudo para trás, como se por uma desfeita e mal agradecimento por tudo que demos a ele com a melhor das intenções. Mas pelo contrário, por ocasião de sua passagem, no momento de desespero quando tudo parecia ter perdido o sentido, em que nada que era dito por outras pessoas servia de consolo e explicação, como se os ponteiros do relógio tivesse parado e a única coisa que estaria acontecendo no mundo era aquela desesperadora situação, mais uma vez algo que podia ter parecido irônico nos trouxe um profundo sentimento consolador e de gratidão. E este sentimento não foi em função das coisas que demos ao Luciano no decorrer dos anos, mas sim um sentimento de Graça, graça no sentido espiritual, quando Deus nos fez sentir que o melhor que pudemos ter dado ao Luciano, foi o ter ensinado, e o encaminhado a uma vida que iria muito além desta vida finita, mas sim os princípios da verdade que o libertou para sempre para a vida eterna. "conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:32

E esta verdade, apesar da dor e desespero de o ter perdido, também nos libertou do sentimento de que poderíamos ter feito e dado mais a ele, mas pelo contrário, aquela situação nos fez declarar como Paulo fez à igreja em Corinto, dizendo:  "onde está, ó morte, o teu mal? onde está, ó mal, a tua vitória? ....mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo." 1 Coríntios 15:55 e 57   Uma grande prova viva e declarada pelo Luciano pode ser vista e ouvida no vídeo abaixo.

E lida no testemunho da postagem  ATÉ QUANDO? ...E PORQUE?  de 24/set/2010
http://www.lucianocarneiro.blogspot.com.br/2010/09/ate-quando-e-por-que.html

O melhor presente a ser dado a um filho, é o apresentar para Deus, UM PRESENTE ETERNO.
"Instrui o teu filho no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele." Provérbios 22:6

sábado, 2 de fevereiro de 2013

ARCA DE MEMÓRIAS, PERFUME QUE SE PROPAGA

Assim como William Shakespeare disse que "Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração", cuidamos deste blog como se ele fosse uma arca onde nela guardamos as memórias do Luciano. As memórias são realmente fáceis de lembrar, mas o fantástico é que quando dentro desta arca reviramos, como se pelo estalar dos dedos, o temos vivo em nosso meio, daí provamos o que fora dito pela escritora francesa George Sand,  que a "memória é o perfume da alma".  Este perfume encontrado dentro da arca, seja físico ou virtual, é através dele que o vazio causado pela saudade que sentimos pelo Luciano que é preenchido por uma sensação tão boa que exala por todos os cantos com a leveza do ar, extrapolando os limites da distância, alcançando indiscriminadamente pessoas que têm que se beneficiar por alguma razão e forma.

Prova disto é que dias atrás enquanto fuçávamos nos cantinhos desta arca, alguém bem distante, o Frank, um americano apaixonado por esporte, que sabe-se lá como ele chegou até esta arca de memórias do Luciano, mas que com certeza foi dirigido por algum propósito, e que ao sentir o perfume das memórias do Luciano em sua alma, deixou o escrito: "...your son is a fighter and I admire you keeping up his blog to give others inspiration and to appreciate life. God Bless. Regards, Frank".  Pasmem, mas igual ao Frank, veja na tabela abaixo os números de visitações até o presente minuto deste blog.
EntradaVisualizações de página
Brasil
50907
Estados Unidos
3372
Rússia
941
Portugal
636
França
366
Alemanha
318
Holanda
154
Canadá
146
Reino Unido
139
Japão
85
Fonte: Equipe Blogger - Google.

Mas o que mais nos tocou, e gostaríamos de compartilhar com todos foi um comentário datado do recente dia 22 de janeiro último na postagem "SONHO DE SER MÉDICO, UM SONHO DE CRIANÇA" de 25 de dezembro de 2010 - http://www.lucianocarneiro.blogspot.com.br/2010/12/sonho-de-ser-medico-um-sonho-de-crianca.html  -, a mensagem escrita pela jovem doutora Renata Cambuy, nos emocionou muito, e nos confirmou que outros diários e outros perfumes estão sendo escritos por outros vitoriosos mundo afora. Renata nos mostrou ser uma pessoa que a despeito dos problemas que a ela fôra impostos, assim como Luciano, vive com resiliência, superando assim todos os obstáculos em função de um grande projeto que é a Vida.

Assim compartilhamos com todos uma breve história, que com certeza irá tocar a todos...

Caros Orlando e Sissi, não sei por onde começar, tamanha é minha emoção. Por acaso, achei o blog hj. Confesso q Deus guiou meus dedos coração até aqui para eu poder conhecer a história do Luciano. Já li várias mensagens e não consigo desconectar dada a profundidade e beleza dessa história de um VITORIOSO. Mas essa postagem me comoveu muito. Meu nome é Renata e hoje se completam 6 meses que terminei meu segundo tratamento contra um Osteossarcoma. Fui lendo linha por linha e parecia que vcs falavam de mim, dos meus sonhos, dramas, vitórias. Eu me vi no filho de vcs de uma maneira tão real que é impressionante. Sempre sonhei em fazer medicina: um desejo de criança. Faltando pouco mais de 2 meses para as provas de um vestibular, veio a notícia que mudou minha vida e a da minha família numa questão de segundos: eu estava com câncer... um osteossarcoma na mandíbula. Receber uma notícia dessa tira o ar de qualquer pessoa. Enfrentei uma cirurgia que me custou uma deformação facial e mtos dias de internação. Fiz todo o tratamento e voltei a estudar. Durante o tempo em que me tratei, meu sonho de ser médica foi amadurecendo e esse sentimento de fazer pelos outros o que fizeram por mim foi ficando muito forte. Voltei para o cursinho e passei no vestibular de medicina. No dia do resulta era impossível conter a emoção.

Comecei a cursar minha sonhada carreira acadêmica. Cinco anos se passaram e eu estava indo muito bem de saúde e feliz na faculdade. Quando, não mais que de repente, senti forte dor nas costas numa manhã. Entre exames, biópsias e divergências médicas, estavam confirmadas as metástases em 3 vértebras da coluna, 3 arcos costais e no fêmur. Mais uma vez, minha vida estava sendo tolhida por um câncer. Logo na época em que eu me sentia mais realizada. Mais uma vez, meu mundo caiu e escutei de muita gente que o tratamento seria paliativo, pois os 7 pontos de metástases indicavam um prognóstico muito ruim. Orlando e Sissi, vcs sabem muito bem o tanto que uma notícia dessa dói. Deus cuidou de mim nesse tempo, me dando forças para eu trancar a faculdade, mudar para São Paulo à procura de um milagre, abandonar tudo. Saí daqui de Montes Claros com lágrimas nos olhos e com a certeza de que o Deus que estava me levando para longe era o mesmo que me traria de volta. E Ele trouxe. Minhas quimioterapias foram pesadíssimas e em muitos momentos eu vi meus pais chorando escondido com medo de eu não aguentar mais uma batalha. Foram 8 meses intensos, mas 8 meses que me valeram uma faculdade inteira de medicina. Aprendi muito. E hoje, lendo a história do Luciano, vi nele traços meus. Que filho maravilhoso vcs têm. Que exemplo lindo. Ele realmente é um vitorioso e o fato de ele ter partido dessa vida não implica que ele perdeu essa batalha. Muito pelo contrário... Gostaria de parabenizá-los por manter esse espaço e nos dar a oportunidade de ler sobre a vida da pessoa incrível que é o filho de vocês.

Também vou eleger o dia do Luciano na minha vida. E esse dia já tem data: 21 de Dezembro, dia da minha formatura no curso de Medicina. É minha homenagem a ele que, sem sombra de dúvidas, já era médico de almas. Estou escrevendo essas palavras, mas meus olhos estão marejados. É muito forte. Sabe, até a viagem de comemoração planejamos... quando li que ele foi para a Disney parecia que eu tinha ido também. Por força do destino, meu irmão perdeu não pôde me dar a viagem dos sonhoS. No entanto, o desejo de conhecer o exterior permanece e, com a graça de Deus, eu ainda o realizarei. Para finalizar, quero dizer que a forma como vocês transmitem todos os acontecimentos da vida do Luciano é maravilhosa. Essa serenidade, essa paz nos faz olhar para bem longe e perceber que essa vida aqui é apenas uma passagem. O que nos aguarda na eternidade é muito mais bonito. 

Fiquem com Deus. 

Já ia me esquecendo: durante meu tratamento, também escrevi um blog e se quiserem conhecer o endereço é renatacambuy.blogspot.com

Abraços

Renata Cambuy.

- o texto acima foi transcrito para esta postagem sob a autorização da Renata -

Que Deus abençoe a todos, mas em especial a Renata Cambuy.