PLANTAR UMA ÁRVORE, TER UM FILHO, E ESCREVER UM LIVRO

Dizem que existem três coisas que devemos fazer para sentir realizado na vida, plantar uma árvore, ter um filho, e escrever um livro. 

Árvores, eu já plantei várias, de duas eu não me esqueço. Uma delas foi quando tinha 7 anos de idade, era domingo, e um dia após Scylene, minha irmã caçula nascer, não sei se o fato teve a ver com a ocasião. Enfim, estava no jardim de casa com meu pai, e ele meu deu uma fava já aberta, dentro dela tinha várias sementes, e disse a mim, "planta esta sementinha que deverá nascer uma árvore, assim como nasceu sua irmã", e assim fiz. Passado algum tempo, da sementinha plantada nasceu uma plantinha, que cresceu, se tornando uma frondosa flamboyant, que debaixo dela também cresci, brinquei, e aprendi muitas coisas que hoje fazem parte de minha vida. Outro plantio, também marcou bastante, porque foi fruto de uma de minhas últimas conversas com meu pai. Nós estávamos conversando enquanto comia um jambo-amarelo, e então falei pro meu pai: "esta fruta, se come com os olhos por sua beleza, cheiro por seu perfume, e com a boca por seu delicioso paladar". Meu pai ouvindo aquela minha observação, me entregou uma daquelas sementes, e disse: "pode plantar que vai nascer"...dias depois, ele partiu para glória,... plantei a semente no jardim de casa, e uma plantinha nasceu, tornando-se o que é hoje um belo e frutífero jambeiro. Destas duas experiências pude tirar uma lição, e que é a base para nosso viver, "tudo que se planta dá", portanto, semeie coisas boas, que com certeza colherá bons frutos.
Jambeiro

Existe um outro ditado popular que diz que Deus escreve por linhas tortas, posso até concordar que toda linha pode não ser uma reta, mas uma coisa é certa, ela sempre terá um início, meio, e fim, e o mais importante é que creio que esta linha tem a Deus um objetivo, Seu "master plan". Para mim, ter um filho parecia não se tratar de um ponto de autorrealização, contudo se mostrou como parte de um grande plano que Deus para com minha vida. De uma semente de amor plantada dentro do solo fértil e abençoado do relacionamento entre eu e Sissi, nasceu uma bela e forte árvore, e que dela nasceu dois frutos, Luciano e Priscila. Entender que ter filhos é uma consequência natural de um casamento, ou que a reprodução humana faz parte do processo de preservação da espécie, são respostas no mínimo razoáveis, mas para nós foi uma clara demonstração do amor e poder de Deus, um milagre. As demonstrações deste grande milagre, dentre muitos, foi que eu por ser portador de uma doença genética, hereditária, incurável e progressiva, aos olhos da ciência, nos foi contra-indicado a concepção de um filho, mas como disse anteriormente, a vontade não era nossa, mas parte do plano de Deus. Assim, nos foi concedido Luciano, um pequenino ser humano que já nasceu, para surpreender a todos, pois veio esbanjando não só beleza física, mas muita saúde, e livre daquela temida herança genética. Mais tarde, descobrimos que Luciano, teve por Deus traçado um plano, que ao longo de sua vida ele iria continuar surpreender, e interferir na vida de muitas pessoas por todo mundo, como comprova-se neste blog "Diário de uma Vitória". Em seguida, veio Priscila, e como dizia a vovó Scila, uma florzinha. Priscila foi um milagre em todos os sentidos, e que logo ao nascer se mostrou uma guerreira, pois por ter nascida aos sete meses de gestação, teve que lutar com suas próprias forças, e provar a todos sobre o grande poder de Deus em sua vida.  Enfim, tive filhos, mas não como meta de autorrealização, mas como cumprimento de uma razão maior, vontade de Deus..."Os filhos são herança de Deus, uma recompensa que ele nos dá". Salmos 127:3

Priscila e Luciano

E o livro ? Posso afirmar que todos nós temos conteúdo e capacidade de contar histórias, daí, para escrever um livro seria somente uma questão de querer? Mais ou menos, o principal objetivo de quem escreve um livro é dividir seus conhecimentos, suas experiências, suas memórias, contos, ou disseminar informações com outras pessoas. Nem sempre o objetivo é ganhar dinheiro. Existem aqueles que querem escrever livros movidos por uma emoção, como recordação própria voltada para família, ou ao público em geral, seja sobre poemas da adolescência, ficção, um romance, a respeito de um drama ou experiência vivida, ou até como realização de um sonho próprio. Minha história e experiências vividas me levaram por diversas vezes a pensar em escrever um livro, e que poderia ser uma autobiografia, um romance, ou uma seleção de contos, mas meu lado racional sempre me levou a não ir adiante com esta ideia. Contudo, teve um momento em que nunca tive tão próximo com a possibilidade desta realidade literária. Isto aconteceu com a conclusão dos 23 anos de vida e história convivida ao lado do Luciano, momento em que me coloquei de frente e de forma muito forte com a possibilidade de escrever um livro sobre sua história. Isto é fácil de entender, porque uma história que teve a origem fruto de um verdadeiro ato de amor, culminando com seu nascimento, como demonstração de milagre e graça de Deus, para depois se tornar em palco de episódios de alegrias, dor, superação, aventuras, desafios, ensinamentos, resiliência, romance, vitórias, enfim, esta história poderia certamente se tornar um exemplo a ser observado por muitos. Afinal, porque não escrevi o livro? Simples! ..por causa deste blog, o Diário de uma Vitória, que foi idealizado e escrito pelo próprio Luciano. As pessoas me cobraram muito dizendo que precisávamos ter esta história concretizada e materializada com belas imagens e textos, tudo dentro de um livro, dai faríamos uma bela festa, em um belo lugar, convidávamos os amigos, e então lançaríamos o livro, eternizando assim sua história. Eu tentava explicar para as pessoas porque decidi não escrever, mas a impressão que me dava era que muitas ainda não compreendiam minha decisão.

Passado mais de cinco anos, o fato de não ter escrito o livro de papel, mas sim, optado pelo recurso digital do blog, se comprova algo inusitado todos os dias desde então, a até o exato instante...explico: como administrador do blog, tenho acesso a informações exclusivas, assim, consigo monitorar quantas pessoas estão dentro do blog do Luciano em um exato instante, quantas entraram durante a última semana, mês, ano, ou desde o início das publicações, e ainda, de que país são estas pessoas, o que estão lendo (qual postagem), enfim, muitas outras informações. Mas o que mais me fascina é que toda vez que acesso o blog como administrador deparo com pessoas de diversas partes do mundo lendo alguma coisa no blog...como por exemplo agora, neste momento, são 22 pessoas do Brasil, 4 do Estados Unidos, e 2 da Alemanha, e que por exemplo, e dentre outras postagens, estão lendo Sonho de Ser Médico, um Sonho de Criança - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2010/12/sonho-de-ser-medico-um-sonho-de-crianca.html, É Quando Estou Fraco, Então É que Sou Forte - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2011/02/e-quando-estou-fraco-entao-e-que-sou.html, A Primavera Como Forma de Perpetuar Uma Lembrança - http://lucianocarneiro.blogspot.com/2013/09/a-primavera-como-forma-de-perpetuar-uma.html, e etc. Assim, sem querer desprezar o livro, com certeza ele não teria este alcance de tempo, distância, cultura, custo, e praticidade. Enfim, as coisas acontecem mais ou menos assim: alguém, em algum local do mundo, e por um motivo qualquer, está em busca de uma informação,..por exemplo, seu ente querido descobriu que está com osteosarcoma (câncer ósseo) ou talvez leucemia, e diante desta situação a primeira coisa que ela faz é buscar informações sobre aquele problema, e neste caso a internet pode lhe suprir rapidamente com as respostas a aquele seu imediato anseio, e nesta hora, seja através do google ou outro procurador da internet, as diversas postagens do blog do Luciano podem aparecer na tela de qualquer pessoa, e em qualquer lugar do mundo, como opção de sua consulta. Nesta esteira de palavras chaves, as pessoas podem buscar, por exemplo,tulos tais como resiliência, superação, triathlon, fé em meio a tribulações, música, amor, saudade, muitas outras, e após teclar "enter".... plim!!! aparece alguma postagem do Luciano, atingindo pessoas de todo o mundo, graças ao Google Translate com seus mais de 60 idiomas. Temos conosco também a consideracão de que o blog é uma arca onde guardamos suas memórias de voz, imagens, músicas, conquistas, composições, histórias, experiências,, enfim, uma arca que além de trazer o Luciano para junto de nós, informa e distrai pessoas de toda parte do mundo.

Portanto, já plantei uma arvore, tive filhos, escrevi mais do que um livro, um blog, mas dizer que já estou realizado na vida, eu não posso afirmar, porque esta definição depende do plano de Deus para com minha vida. Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Eclesiastes 3:1,2