Quarto e Corredor

A vida num hospital não é nada fácil! Não importa se você está por uma unha encravada inflamada ou na UTI por algo mais sério, é sempre ruim. Afirmo isso com conhecimento de caso!!! Minha vida aqui se baseia em um quarto com um cama dois sofás, uma poltrona, um TV LCD, uma bancada e uma bicicleta. Quando me dá vontade de sair tenho um corredor apenas para andar. Para alguns pode parecer bom, mas depois de um certo tempo a pessoa se torna enclausurada, um prisioneiro de si mesmo. Com isso começa a aflorar as emoções mais íntimas da sua alma, como a saudade da sua cama, das suas coisas, por mais simples que sejam. Eu não sei ao certo quanto tempo ao certo estou, e muito menos quero saber para não deixar a ansiedade me pegar mais, mas que eu estou aqui a mais de 40 dias não há dúvidas. Vivo em um quarto e em um corredor, sinto falta de ver o céu sem um vidro me separando, de respirar um ar puro, de sair pra jantar com a minha noiva e ficarmos fazendo planos sobre nosso futuro, de entrar no quarto da minha irmã e ouvir suas histórias e dar meus conselhos, sinto falta da minha casa, sinto falta das minhas guitarras, MINHAS GUITARRAAAAAS!!!!!!!!!!!


Minhas Filhas


Isso com certeza é uma provação de Deus, que no final terei minha recompensa. Enfrento cada dia por vez, venço um dia de cada vez, não vivo o meu problema e sim a solução, de onde vem minhas forças???? De Deus principalmente e dos 20 tanto recados que recebi no último post!!!! Obrigado!!! Aqui como a monotonia é eterna você tem que arrumar algo para se apegar, para esperar. Aí fora você espera uma festa, um visita (que aqui é muito restrita), uma volta no shopping, enfim, aqui eu espero uma tomografia,  um procedimento qualquer, uma visita de um médico que me distraia um pouco. A música também é algo que se tornou um parceira fiel, meu Ipod nunca me deixa na mão e graças a Deus tenho médicos mais que amigos que trazem CDs e até pessoas para tocar para mim.

Uns dias atrás o Dr. Rolf Bub, cirurgião toráxico, muito amigo mesmo, percebeu que eu estava meio pra baixo, ele simplesmente trouxe o maior pianista do Brasil Sr. Amilton Godoy do Zimbo Trio, o qual é muito amigo dele, para tocar para mim no hall de entrada, ficamos simplesmente 1 hora e meia, entre eu pedindo músicas e ele me oferecendo foi totalmente surreal. Hoje o Dr. Marcus Knobel trouxe um violinista aqui no meu quarto, foi demais.

Não sei o que pode parecer para vocês, mas para mim tudo isso é coisa de Deus, onde falam que Ele não dá uma cruz que você não pode carregar, isso quer dizer que sou muito forte com ajuda para aguentar essa barra mega pesada!

Se você tem um problema, entregue na mão dele e confie uma hora, na hora certa Ele vai honrá-lo com a benção esperada. Ore, ore de joelhos, clame, chore que Ele ouve, digo isso também com conhecimento do fato. Nunca desista.

Isso tudo para mim está sendo um prova que Ele habilita o servo para batalha. Pois eu falava que se tivesse que fazer outro transplante, não faria, entregaria minha vida a Ele para fazer o que fosse para ser. Achei que não teria forças para tudo isso mais uma vez, mas vejam onde estou, na reta final!!!! Com mais prova do seu amor que tive hoje cedo quando acordei e fiquei sabendo que meus leucócitos haviam dobrado de quantidade.

Então vamos a batalha!!! Deus os abençoe!!!!!