NATAL, ALEGRIA PELA CERTEZA QUE VOCÊ PODE VIVÊ-LO TODOS OS DIAS

O Natal, apesar de seu sentido cristão, sempre causou uma certa confusão nos meus sentimentos. Aprendi desde criança que é nesta data que se celebra o nascimento de Jesus, então sempre comemorávamos na igreja assistindo a encenações sobre seu nascimento, com cantatas natalinas, e santa ceia, e assim reverenciávamos o nascimento do filho do Pai, o nosso Salvador, aquele que veio trazer o perdão. Contudo, no decorrer dos tempos pude observar que aquele sentido de natal sofria um grande desvio de foco, quando a comemoração se voltava muito mais para a troca de presentes, festas recheadas de deliciosas receitas natalinas, belíssimas árvores de natal, papai noel, viagens de férias, enfim, coisas do espírito consumista, e assim o sentido cristão ficava de lado. Descobri também  que o dia 25 de dezembro, a data do natal, havia sido instituída pela igreja católica no século IV, ano 350 depois do nascimento de Jesus, e sem nenhum fundamento bíblico.  "... este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Em vão me adoram; seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens. Vocês negligenciam os mandamentos de Deus e se apegam às tradições do homem". Marcos 7:6-8. E ..... examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo. Atos 17:11

Esta confusão de observações me fizeram refletir mais ainda como o nome de Deus poderia estar sendo levado em vão. E concluí que em razão de tudo, e sobretudo por respeito a quem Ele é, e o que ELE representa, certamente seria melhor desvincular toda esta confusão de informações e simbolismos, instituindo assim, ao contrário de um só dia, todos os dias do ano, ou como acostumo dizer, a cada batida de nossos corações, como sendo uma celebração do nascimento de Jesus em nossas vidas, reafirmando assim a Ele, a cada pulsação, nossa fé de que Ele nasceu e vive dentro de cada um.

Por outro lado, e "Noves Fora Zero", podemos experimentar como a grande maioria das pessoas que vivem esta cultura, que a Alegria colorida pelo vermelho e verde que simboliza o natal, iluminada pelas brilhantes luzinhas, e o embalo das melodiosas canções natalinas, já vale a pena, porque todo este clima pode nos fazer aproximar de Deus. Assim, no dia 25, dia do natal, que continuemos a comemora-lo montando uma belíssima arvore, enfeitando toda casa, ouvindo e nos emocionando com as canções natalinas, deliciando de todas as receitas de uma tradicional ceia de natal, mas o mais importante, e é o que gostaria de deixar registrado neste blog, é que mesmo apesar de tantos problemas que vimos e enfrentamos, que sempre curtamos esta época como um momento a ser vivido com alegria, em família, e na presença de Deus, ou como Luciano disse em momento que precedia um período de muita dificuldade que iria enfrentar, que apesar de tudo, ele buscaria em Deus viver um "Funny Day", dia após dia.

Nesta época, recordar os momentos que ficaram marcados, se faz uma maneira de trazer Luciano à nossa presença. E assim buscamos dentre algumas reproduzir um dos momentos que julgamos ser emblemático para nosso natal, que é a montagem da árvore de natal. Naquelas oportunidades, nos juntávamos em família, eu, Sissi, Priscila, Luciano, e as cachorrinhas, que com muita alegria e emoção, sob a trilha sonora das belíssimas cancões natalinas, muitas vezes com a participação do Luciano com seu violino, colocávamos um enfeite após outro na árvore, traduzindo aquele momento no natal celebrado pela presença de Jesus em nosso meio, vivenciando assim, como dizia Luciano, um "funny moment". 

Luciano se foi, e neste segundo natal sem ele junto de nós, buscamos em Deus a mesma alegria que sempre curtimos ao seu lado naquela época, fosse em casa, ou em qualquer outro lugar, ou parte do mundo. Contudo, agora melhor ainda, pois temos a certeza que ele está celebrando todos os seus dias, não o nascimento de Jesus, mas a presença viva Dele em seu espírito.   Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos.       2 Timóteo 2:11


Neste momento, pedimos a Deus que você possa sentir em sua vida o nascimento e vida de Jesus todos os dias, ou melhor, em todas as próximas 39.420.000 (trinta e nove milhões, quatrocentos e vinte mil) batidas que seu coração dará neste ano de 2013 que está para se iniciar.

Feliz Natal e cada dia do ano de 2013.