RECORDAR É VIVER

Ao som de uma antiga marchinha de carnaval, muita gente alegremente cantou e dançou, repetindo o melodiosa refrão, “Recordar é Viver”

Desde que o Luciano partiu nós temos preservado ao máximo suas coisas, ... tudo que se refere a ele, isto, basicamente em busca de mantê-lo vivo em nossas memórias. Entretanto, algumas pessoas nos perguntam se este comportamento não aumenta ainda mais nosso sofrimento por sua falta, e dizemos:  - quando se gosta de alguém, você nunca quer esquecer esta pessoa, imagina um filho! Nos momentos em que lembramos do Luciano, seja quando estamos em contato com suas coisas, ou lembramos de suas expressões, imagens e comportamento, nunca sabemos como nosso sentimento vai se comportar, e ai, vem alegria, tristeza, lágrimas, orgulho, ou prazer, contudo uma coisa nos entendemos, seja qual for esta reação, nada mais é do que uma tradução às recordações, e o mais importante é que isto faz com que ele, apesar de seu afastamento físico, se mantenha vivo dentro de nós.

Uma das muitas coisas que nos traz a presença do Luciano de forma bem viva, nos fazendo inclusive entender qual era uma das maneiras por ele utilizadas para poder superar todo seu sofrimento, angústia, e dor vivida, é ouvindo sua paixão pela música, seja cantando, tocando seu violino, violão, craviola, guitarra, ou gaita. E isto é explicado desde muito tempo através de uma expressão encontrada no livro Geórgicas, de Virgílio, escrito entre 37 e 30 a.C, que no original, ela dizia: “quem chora ou canta fadas más espanta”. Não se sabe ao certo como a frase encurtou, mas acredita-se que tenha sido por causa de Dom Quixote, o personagem de Miguel de Cervantes, que dizia: “quien canta sus males espanta”.

Assim como sempre fazemos, mexendo nas coisas do Luciano, buscando vive-lo através de recordações, “Recordar é Viver”, encontramos demonstrações reais de como ele fazia para espantar seus males,...cantando, “Quem Canta, Seus Males Espanta”. O material é vasto e variado, e para nós tem um grande sentido, portanto, a partir de agora, faz parte integrante a este blog, as músicas encontradas, as quais explica cada uma, um momento vivido, sempre com um só sentido, ... sendo sua demonstração de alegria, e declaração de fé. A qualidade das gravações variam muito porque se deram desde dentro de um estúdio, a até através de seu celular, e pasmem, existem duas canções de louvor que foram gravadas dentro do quarto, já muito fraco, um dia antes de ir para UTI, mas são uma das maiores demonstrações da presença de Deus em sua vida - Grande é o Senhor, e Mui Digno de Louvor, e  Ser Amigo de Deus.