Oportunidades que deixamos para trás

Muitas vezes acontece com a gente situações fascinantes que facilmente passam e você deixa de ter o prazer de vivenciá-las. Essa semana estava na sala da família aproveitando que não tinha ninguém para poder ligar e jogar meu veio game em uma televisão maior de LCD, não que a do quarto seja ruim, também é de LCD só é menor. Nisso entra a mãe de um menininho de 7 anos aqui do andar que também esta no transplante de medula, e ela me vendo jogar comentou o tanto que o filho adora jogos de video game. Na mesma hora já veio na minha cabeça que meu sossego havia acabado. Passando-se 5 minutos ouço a voz de uma criança se aproximando, até entrar na sala e ficar sentado la vendo eu jogar. Eu, no minha ignorante egoísmo continuei jogando como se não tivesse ninguém lá. Mas isso durou pouco, sem tirar os olhos da tela perguntei se ele gostava de jogar, e a resposta foi rápida e assertiva, lógico que sim. Pedi então que ele escolhesse da minha pastinha um jogo que ele soubesse jogar, e assim foi feito. Começamos a jogar, e logo vi que se não tivesse feito aquilo não conheceria uma criança espetacular com força de lutar e de vencer. Ele usava um scrubs umas 5 vezes maior com ele, tendo que dobrar a manga da calça e da camisa, mas pra ele tudo isso não era nada. Me enxerguei nele quando eu tive meu primeiro câncer. Mas o que importa nessa história é o fato de quase ter deixado de conhecer o Kauan, uma criança da Bahia que desde pequena já é uma vencedora e que me diverti muito mais brincando com ele do que jogando sozinho.



Vamos lá Kauan, tirar a máscara no 3!! 1...2...3 e já!!!!!


Pois então, e aí pessoal!!!!! Quanto tempo heim!!!! Fiquei um bom tempo sem escrever mas aqui estou eu de novo para contar as novidades!

Nesse meio tempo tive uma dor no coração muito forte em uma noite que eu achei que estava enfartando, nunca havia sentido tanta dor na minha vida, tomei mais de 30mg de morfina para cessar a dor até eles chegarem a uma conclusão do que poderia ser e eu fazer os exames. Resultado, eu tinha um derrame pericárdio, que é um líquido entre o coração e o pericárdio, e um derrame da mesma maneira na pleura. E tive também em razão das químios que fiz mucosite na garganta e debaixo da língua.Mas já estou praticamente sem nada dessas coisas, Graças a Deus.

Mas o que mais está pegando é a mucosite na língua e na garganta, tirando um pouco do meu apetite e atrapalhando o que eu tenho vontade de comer.

Vamos falar de coisa boa agora! Ontem minha medula deu sinal de que está querendo começar a funcionar! E com certeza Deus vai dar forcinha pra funcionar logo pra eu sair daqui logo porque eu não aguento mais ficar internado! Ontem fez 40 dias já, e meu saco de paciência é bem menor do que isso!!!

Pessoal desculpem a demora!!!! Mas é isso! Deus abençoe a todos!!!!!

Até Mais...

obs.: esse post foi em homenagem às minhas melhores amigas, Mariana e Karla, que me deu uma bronca ontem que eu não escrevia mais aqui no blog!!!!!