Haja Paciência !

Luciano não passou bem o dia, portanto pediu ao editor substituto (seu pai) para que entrasse em ação e explicasse a razão de sua ausência.

Ele tem tido febre nos últimos dias, e pelo que tudo indica, esta se dá por uma reação natural do organismo por não ter ainda defesa imunológica. O que era esperado e deverá perdurar até que sua nova medula comece a produzir novas células. A Dra, tia e “irmã” do Luciano, Scylene, com toda sua “expertise”, assim ilustrou a situação: “imaginem todas estas células que foram transplantadas, que foram de dois cordões, ou seja, dois bebes diferentes, dentro do Luciano brigando para ver quem vai produzir mais células”, ela disse ainda, “é como um motor que está trabalhado a todo vapor para produzir energia, o que vai acontecer ? ele vai esquentar. É a febre dele”. O problema é que por suas plaquetas estarem muito baixa, o impossibilita de tomar um remédio eficaz para se cortar a febre, fazendo com que sua febre seja constante, e isto o tem desgastado muito, especialmente hoje.

Portanto, mais uma vez, até que sua medula não retome às atividades normais, o que cremos acontecer o mais breve possível, e já deu mostras disto, ele deverá fazer um incalculável exercício de PACIÊNCIA. E Deus tem mostrado presente na vida do Luciano durante esta espera.

Os grandes heróis da Bíblia foram todos tidos com pessoas de muita paciência, daí aquela conhecida expressão “ter a paciência de Jó”, ou neste caso, “do Luciano”. Deixo com todos, mas em especial com o Luciano, abaixo a palavra  do Apóstolo Paulo em Romanos 5:1-4, que também foi outro homem de muita paciência:

Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança.

Gostaria de agradecer a cada um pelo apoio que dado ao Luciano através de suas participações de incentivo e carinho.

O Luciano pede para dizer para o Dr. Rodolfo e Leopoldina, que apesar de não os conhecer pessoalmente, os agradecem também pelo comentário, pedindo que continuem o incentivando.